Mensagem Fraterna de Páscoa

Meus queridos irmãos, que a luz de  Nosso Senhor se faça presente em nossos corações, ainda tão apegados ao mundo e tão distantes da verdadeira liberdade.

Nesses dias de tanta aflição, rogo-lhes para lembrarem-se do verdadeiro mensageiro da paz, Jesus, o Cordeiro de Deus, cujo verdadeiro sacrifício foi superar a condição vibratória do orbe terreno e espalhar uma mensagem de paz em uma época em que as espadas eram a língua franca. Ele ensinou a mansuetude e o amor, recebendo a incompreensão e o madeiro como retribuição. Sua augusta e soberana imagem nos evocam a paz e o entendimento. Suas palavras pavimentam o caminho para Deus, mostrando, a cada momento, os percalços dessa jornada, criados pela nossa fragilidade em praticar a caridade e sentir o amor verdadeiro, sem cobrança.

Não deixemos as lágrimas obliterarem nossa razão. Entreguemos as dores e a insegurança nas mãos do  Cristo Senhor e sigamos com fé, sabendo do amparo que sempre nos será dado.

Sigamos em frente e não olhemos para trás.

Deixemos a mensagem fraterna e igualitária do galileu que transcendeu o tempo e nos mostrou a vida espiritual em sua grandeza sublime entrar e dar frutos

Medo do amanhã? Por quê?

Receba o amanhã de braços abertos e com a certeza de que o amigo jamais estará só, uma vez que Aquele que acima de nós se encontra sempre haverá de velar pelos pequenos e simples de coração. Eis aí o valor da humildade.

O futuro representa a colheita do presente. Plantemos paz, trabalho, luz, união, e a colheita será farta e a todos bastará.

As planícies calcinadas pelo sol se enchem de flores para marcar os novos tempos; tempos de transformação.

Dentro de cada um de nós, as escolhas tornam-se mais nítidas e urgentes e teremos, finalmente, de decidir se seguimos ao Cristo, ou acolhemos o mundo de dor e sofrimento que construímos ao longo de tantos anos. Agora chegou a nossa vez, na páscoa, de ficar frente a frente com Jesus e Barrabás, mesmo sabendo que essa escolha é, acima de tudo, simbólica. Essa escolha sempre nos será solicitada, a cada momento de nossas existências espirituais, mas se torna mais crítica nesses momentos de renovação planetária.

Essa é a simbologia da páscoa, renovação. É a vitória do espírito sobre a matéria.

A verdadeira ressurreição do Cristo é no coração de cada um de nós, seus irmãos mais jovens. A vitória do espírito, pelo espírito e para o espírito, representando o verdadeiro sentido do Cordeiro de Israel e do Mundo, em quem nosso Criador se compraz.

Médium: Elerson Gaetti
Autor espiritual: Frei Tomás
Data: 25 de março de 2013

Anúncios
Esse post foi publicado em Artigos. Bookmark o link permanente.

Deixe-nos sua opinião, pois é muito importante para nós!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s