OBSESSORES NA CADEIA?

O trabalho, para Chico Xavier, era um santo remédio. E a caridade era quase milagrosa. No Dia das Mães, Chico buscava força em visitas aos presos em Uberaba. Distribuía sorrisos, cumprimentos, algum dinheiro (de valor simbólico) e ia embora.

Nunca leu uma frase do Evangelho.

— Não poderia aproveitar que eles estão atrás das grades para dar sermão.

Quando lhe perguntavam se havia muitos obsessores na cadeia, ele afirmava:
— Eles já fizeram o que queriam.

– fonte: livro, As Vidas de Chico Xavier, pág. 175 –

Anúncios
Esse post foi publicado em Artigos. Bookmark o link permanente.

Deixe-nos sua opinião, pois é muito importante para nós!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s